Adquirir a nacionalidade portuguesa é, atualmente, um dos termos de busca na internet que mais cresce. Isso porque viver em Portugal tem sido um desejo cada vez maior entre brasileiros. A procura por emprego, novas oportunidades na carreira ou, simplesmente, melhores condições de vida impulsionam o sonho de muitos.

Para quem busca se mudar de vez, e não apenas passar um tempo estudando ou trabalhando, a nacionalidade portuguesa é o melhor caminho. Há algumas formas de se conseguir a nacionalidade. É possível obter o reconhecimento por atribuição, aquisição, naturalização e, ainda, por meio de alguns casos especiais.

Vamos entender cada um desses:

1) Atribuição

Geralmente são por parentesco direto com algum cidadão português. Pode ser mãe, pai e até avós.

2) Aquisição

Aqui se encaixam filhos menores ou incapazes que a mãe adquira nacionalidade portuguesa, estrangeiros casados ou que vivam em união estável com um cidadão português há alguns anos, indivíduos adotados por portugueses etc.

3) Naturalização

A aquisição de nacionalidade portuguesa por naturalização é uma forma muito comum também. Neste caso, vale para estrangeiros que residam em território português a partir de um período determinado, menores de idade nascidos em Portugal, indivíduos que perderam a nacionalidade portuguesa, estrangeiros que tenham prestados serviços relevantes a Portugal etc.

Sobre o escritório

O escritório Gutman e Silva possui uma estrutura moderna, altamente informatizada, com uma rede de advogados e parceiros que permite atender demandas diversas, incluindo questões concernentes à aquisição de nacionalidades, em todo o território nacional e em Portugal.

No Comment

Comments are closed.